quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

A importância da oração e do Jejum






A importância da oração e do Jejum

TEXTO BIBLICO LC 4:13

Nesse estudo vamos ver algumas formas ou como temos que prosseguir no ato de jejum, qual a finalidade da oração e do jejum.
Jejum e oração freqüentemente andam juntos, o jejum não funciona sem oração, de nada adianta jejuarmos sem orarmos, quando jejuamos e não oramos, na verdade estamos fazendo regime das comidas que gostamos ou ainda estamos privando daquilo que é agradável ao nosso gosto.

Definição de Jejum
1- É a abstinência total ou parcial de alimentação.
2- (Figurado) - Abstenção ; privação de algo. Continência.

O propósito do Jejum
O jejum não muda a Deus. Ele é o mesmo antes, durante e depois de seu jejum. Mas, jejuar mudará “você”.



DIFERENTES FORMAS DE JEJUM

a) Jejum PARCIAL. Normalmente o jejum parcial é praticado em períodos maiores ou quando a pessoa não tem condições de se abster totalmente do alimento (por causa do trabalho, por exemplo). Lemos sobre esta forma de jejum no livro de Daniel:

"Naqueles dias, eu, Daniel, pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram em minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas." (Dn.10:2,3).

b) Jejum NORMAL. É a abstinência de alimentos mas com ingestão de água. Foi a forma que nosso Senhor adotou ao jejuar no deserto.
"Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito, no deserto, durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. Nada comeu naqueles dias, ao fim dos quais teve fome." (Mt.4:2).

Denominamos esta forma de jejum como normal, pois entendemos ser esta a prática mais propícia nos jejuns regulares (como o de um dia).

c) Jejum TOTAL. É abstinência de tudo, inclusive de água. Na Bíblia encontramos poucas menções de ter alguém jejuado sem água, e isto dentro de um limite: no máximo três dias.


A DURAÇÃO DO JEJUM

Quanto tempo deve durar um jejum? A Bíblia não determina regras deste gênero, portanto cada um é livre para escolher quando, como e quanto jejua.

O QUE DEVEMOS FAZER QUANDO ESTAMOS JEJUANDO?
• Orar EX. Daniel 9:3
• Consagrar-nos e pedir perdão dos nossos pecados Neemias 9:1
• Ler a Bíblia Jeremias 36:6

Há duas maneiras de fazer jejum: individual ou em grupos
• Individual: podemos citar o jejum de Jesus, quando Ele foi tentado,
• Jejum em grupo: EX Ester 4:16 / 7:10 O jejum de Ester não foi para poupar a própria vida, mas para que a Glória do Senhor se manifestasse livrando o seu povo. Nessa passagem podemos ver a unidade do povo, e nos ensina o quanto e importante a unidade na igreja, e quando estamos em união e mesmo pensamento Deus nos dará vitória como vimos com a Ester, livrando o seu povo.


Oração

Orar é falar com Deus,

1) Porque devo orar?
Oramos porque precisamos. A oração é a única maneira que nos permite manter contato com o nosso criador e redentor – o nosso Deus. Oramos para pedir suas bênçãos para nós, nossas famílias, para nossa nação e para as nações da terra; oramos para buscar sua direção para nossas vidas; oramos para sermos livres da opressão do inimigo de nossas almas e para sermos livres da tentação; oramos para sermos curados de nossas enfermidades e para que outros sejam curados; oramos para pedir perdão pelos pecados cometidos e para buscar restauração em nossa vida; oramos para sermos cheios com o Espírito Santo; oramos para que Deus nos use como instrumentos de sua glória neste mundo, para que sejamos verdadeiros discípulos do Senhor Jesus Cristo.
Como devo orar? Mateus 6:5-14
O próprio Senhor Jesus nos ensinou a orar, quando nos apresentou o “Pai Nosso” – chamada oração modelo. Jesus apresenta o que deve conter em nossa oração. Vejamos:
a) Adoração: Pai nosso que estás no Céu, santificado seja o teu nome;
b) Submissão:Venha a nós o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu;
c) Dependência e Fé: O pão nosso de cada dia dá-nos hoje;
d) Confissão: Perdoa-nos as nossas dívidas como nós perdoamos a quem nos ofendeu;
e) Súplica: Não nos deixe cair em tentação, mas livra-nos do mal.
f) Humildade: pois teu é o reino, o poder e a glória para sempre. Amém


Conclusão a importância do jejum e de a oração é para ter uma vida plena e comunhão com Deus,

E Deus deixa uma promessa quando jejuamos da forma correta (Isaías 58:8–11)
“Então romperá a tua luz como a alva, e a tua cura apressadamente brotará, e a tua justiça irá adiante de ti; (…) Então clamarás, e o Senhor te responderá; gritarás, e ele dirá: Eis-me aqui. (…) E se abrires a tua alma ao faminto, e fartares a alma aflita; então a tua luz nascerá nas trevas, e a tua escuridão será como o meio-dia.E o Senhor te guiará continuamente, e fartará a tua alma em lugares áridos. (…) E serás como um jardim regado, e como um manancial, cujas águas nunca faltam;
GLÓRIA A DEUS!!!

3 comentários:

  1. Muito bom, parabéns e convido a você autor, e a todos a visitarem meu blog:

    www.porjuliorodrigues.blogspot.com

    Apaz de Deus esteja com todos.

    abraços.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom irmão vc tem conhecimento divino! Amém.
    A paz seja convosco!

    ResponderExcluir
  3. ooooo gloriiiiaaaaaa.. quao grandioso és tu o pai....nos mostre onde estamos errando e nos ensine a servi-lo de forma correta!! amem

    ResponderExcluir